Elastflex EX1

Membrana Acrílica Flexível

ELASTFLEX EX1 é um dos mais modernos sistemas de impermeabilização para construção civil.

ELASTFLEX EX1 é uma membrana acrílica elástica que é obtida a partir da cura de uma emulsão á base de polímeros acrílicos.

ELASTFLEX EX1 é indicado inclusive para lajes externas de grande porte, substituindo as mantas asfálticas com significativas vantagens.
Carcterísticas e Vantagens :

Proporciona uma membrana impermeável ELÁSTICA.

RESISTENTE AOS RAIOS UV, podendo ficar definitivamente exposto ao sol em áreas sem trânsito.

Proporciona uma impermeabilização sem nenhuma emenda, mesmo que a área impermeabilizada tenha degraus, vigas invertidas, ralos, tubos, etc. Emendas são pontos fracos e vulneráveis.

Composição química superior. ELASTFLEX EX1 é um polímero acrílico que caracteriza-se pela elevada resistência as intempéries, ao ressecamento e a oxidação. Essa composição química superior resulta em uma vida últil maior principalmente quando comparado as impermeabilizações asfálticas.

Resistente a elevadas temperaturas provenientes de longa e repetida exposição ao sol.
Preserva suas características essenciais mesmo exposto a temperaturas de até menos 5 graus Celsius.

Dispensa a proteção mecânica. Permite o assentamento com argamassa colante de pisos cerâmicos, porcelanatos, pastilhas, DIRETO sobre a membrana impermeável de ELASTFLEX EX1.

Dispensa o arredondamento dos cantos. ELASTFLEX EX1 permite a aplicação em “cantos vivos” ou ângulos de 90 graus.

Atenção: Não recomenda-se a aplicação em bases úmidas e áreas sujeitas á umidade em pressão negativa.

Campos de aplicação :

Lajes externas , inclusive de grande porte.
Marquises.
Áreas de banheiro e Cozinha.
Varandas.
Jardineiras e Floreiras.
Fachadas, Paredes e Muros.
Arrimos.
Abóbadas.
Calhas de Concreto e Alvenaria.
Calhas Metálicas.
Telhados Metálicos, Fibrocimento.
Telhas de Concreto.

Estruturação e Resistência Mecânica :

Em estruturas externas sujeitas a trincas e fissuras, lajes pré-fabricadas e pré-moldadas, recomendamos a estruturação da membrana impermeável de ELASTFLEX EX1 com tela Poliéster-PVC.
A estruturação com a tela Poliéster-PVC traz um aumento da resistência mecânica a possíveis “trabalhos” estruturais mais acentuados.

Impermeabilização de Telhados Metálicos, Fibrocimento e Policarbonato.

Forte aderência, resistência ao sol, intemperismo e elasticidade são características que fazem de ELASTFLEX EX1 uma excelente alternativa para tratamento impermeável de telhados.

Aderência a Concreto, Reboco, Metal e PVC:
Perfeita aderência ao concreto, reboco, metal, PVC, alvenaria, cerâmica, policarbonato, lástico, madeira.
A forte aderência mesmo em bases de pouca porosidade, permite perfeitos arremates em ralos, tubos, antenas, detalhes metálicos, etc. Sempre sem o inconveniente de emendas.

Facilidade de Aplicação:

1 – A superfície a ser impermeabilizada deve estar regularizada e limpa.

2 -Além de bem limpa e varrida, a base que receberá ELASTFLEX EX1 deve estar bem seca. Não aplicar Elastflex em bases úmidas. A aplicação em bases contendo umidade pode ocasionar má formação da membrana (como por exemplo enrrugamento e aparecimento de bolhas).

3 – Aplicar em demãos. Aplicar em demãos puras sempre aplicando sobre a demão anterior já bem seca. Em algumas situações é recomendável aplicar a 1a demão diluída em água (30% a 50%). Em áreas externas e dias de sol cada camada leva aproximadamente 4 a 6 horas para secar. Esse tempo de secagem pode variar para mais ou para menos em função da temperatura e umidade ambiente, quanto mais quente e seco o ambiente mais rápido será a secagem .

4 – A tela de poliéster-PVC é obrigatória em lajes externas. Deve ser colocada após a adequada secagem da 1a demão pura. Sobre a tela Poliéster-PVC aplicam-se as demais demãos até atingir o consumo mínimo especificado.

5 – Não é necessário aplicar todas as demãos no mesmo dia.

6 – Utiliza-se para aplicação rolo de lã. Para os cantos, ralos e demais detalhes utiliza-se uma trincha.

7 – Elastflex não é tóxico e lava-se as mãos e ferramentas somente com água.

Consumos:

Alguns exemplos de consumos:
Lajes – Dependendo do porte e das características da laje o consumo pode variar de 2Kg/m2 a 3Kg/m2.
Fachadas – O consumo pode variar entre 800 gramas/m2 a 1,5Kg/m2.
Áreas de banheiros – O consumo sugerido para essas áreas são 1,5Kg/m2.

Disponível em:
Baldes Plásticos de 4Kg e 12Kg.
Barricas de 50Kg.
Tambor de 200Kg.

Cores:
Cinza, Branco, Azul, Verde e Cerâmico.