Tecplus 1

Característica:
Tecplus 1 é um aditivo líquido que adicionado à água de amassamento de concretos e argamassas provoca uma considerável redução de sua permeabilidade por hidrofugação do sistema capilar, adequando-os para o uso em severas condições de umidade, infiltração ou pressão d’água. Tecplus 1 também aumenta a coesão das argamassas deixando-as mais trabalháveis.

Indicações

- Aditivo mineral inorgânico para concretos e argamassas utilizados em elementos submetidos à umidade e à pressão d’água

- Ideal para argamassas de revestimento (reboco) e de assentamento de alvenarias, contrapisos em contato com umidade, em concretos de fundações, caixas d’água, piscinas, canaletas, reservatórios em geral, dentre outros

- Para melhorar a trabalhabilidade, aumentando a consistência e coesão das argamassas

Vantagens

- Amplo uso na construção civil

- Fácil adição nas argamassas e concretos, com ganho de coesão e trabalhabilidade

- Maior garantia e durabilidade da obra

Dados Técnicos

Concreto: 1% em relação a massa de cimento (1L / 100kg de cimento) Argamassas: 4% em relação à massa de cimento (4L / 100kg de cimento)

Instruções de Uso

Revestimentos
Aplicar o chapisco, preferencialmente com a adição de um dos adesivos Chapix AR, Chapix SBR ou Chapix PVA. Após o endurecimento do chapisco, aplicar a argamassa de revestimento com traço de cimento:areia na proporção de 1:4, em volume, aditivada com até 4% de Tecplus 1 em relação à massa de cimento (4 L para cada 100 kg de cimento). O revestimento deve ser executado em até 3 camadas de 1 cm de espessura cada, aplicado pelo sistema convencional. O intervalo entre camadas deve ser de, no máximo, 6 horas, período aproximado do final de pega do cimento. Ultrapassado esse intervalo, é necessário um novo chapisco como ponte de aderência.

Caixas d’água
Arredondar os vértices ou arestas com raio de pelo menos 5 cm, aplicando argamassa com traço de cimento:areia na proporção de 1:3, em volume, preferencialmente aditivada com um dos adesivo Chapix AR, Chapix SBR ou Chapix PVA. Aplicar o chapisco na proporção de 1:3, em volume. Após o endurecimento do chapisco, executar o revestimento de cimento e areia na proporção de 1:3, para pressões de até 20 m de coluna d’água, ou de 1:2, para pressões superiores, aditivando esta argamassa com até 4% de Tecplus 1 em relação à massa de cimento (4 L para cada 100 kg de cimento). O revestimento deve ter espessura final de 3 cm, sendo obtido com camadas sobrepostas de, no mínimo, 1 cm e com juntas não coincidentes. O acabamento deve ser realizado com desempenadeira de madeira, evitando-se tornar a superfície totalmente lisa. Promover cura úmida por, no mínimo, 72 horas. Sobre a última camada pode-se aplicar membrana de cura química Anchorcure PVA.

Concretos de baixa permeabilidade
Elaborar o traço do concreto com consumo mínimo de cimento da ordem de 350 kg/m³ e relação água/cimento máxima de 0,50. Adicionar na água de amassamento a dose de 1% de Tecplus 1 em relação à massa de cimento (1 L para cada 100 kg de cimento).

Aplicação

Cuidados na aplicação
O produto deve ser homogeneizado sempre que for ser coletado para uso. Agitar a embalagem ou misturar Tecplus 1 com uma haste metálica até obter a completa homogeneização do produto.

Cura
Após a finalização dos trabalhos de lançamento e aplicação de concretos e argamassas, promover a cura segundo critérios da tecnologia de materiais cimentícios.

Embalagem

Fornecido em embalagens de 3,6 L, 18 L e 200 L.

Armazenagem

Manter em local seco, ventilado e na embalagem original lacrada.

Validade

Validade de 24 meses.

Cuidados Especiais

As medidas de higiene e de segurança do trabalho e as indicações quanto ao fogo, limpeza e disposição de resíduos devem seguir as recomendações constantes na FISPQ do produto.

IMPORTANTE: O rendimento e o desempenho do produto dependem das condições ideais de preparação da superfície/substrato onde será aplicado e de fatores externos alheios ao controle da ANCHORTEC, como uniformidade da superfície, umidade relativa do ar e ou de superfície, temperatura e condições climáticas, locais, além de conhecimentos técnicos e práticos do aplicador, usuário e outros. Em função destes fatores, o rendimento e performance podem apresentar variações.