BAUTECH Manta Asfáltica

Manta asfáltica produzida a partir da modificação física do asfalto com uma mescla de polímeros especiais que proporcionam à manta excelenteaderência, durabilidade e resistência, garantindo a perfeita impermeabilização da área a ser utilizada.

Campos de Aplicação

  • O material é indicado para lajes de pequenas dimensões, áreas frias tais como: banheiros, lavabos, cozinhas, áreas de serviço, sob telhados, pisos de barriletes, barreira de vapor e nos sistemas de dupla manta.

Características Técnicas

  • NBR 9952 – Mantas Asfálticas para impermeabilização (Atende ao Tipo II – Classe C);
  • NBR 9575:2010 – Impermeabilização – Sistemas e projetos;
  • NBR 9574:2008 – Execução da impermeabilização. • Este produto deve ser aplicado por profissionais com auxílio de chama de maçarico de gás GLP.

Propriedades

COMPRIMENTO DO ROLO 10m
LARGURA DO RO 1,06m
BANDA DE SOLDAGEM 6cm
ESPESSURA NOMINAL 2,5 a 2,7mm
PESO NOMINAL 34/46 (kg)
REVESTIMENTO Geotextil Poliéster
ARMADURA CENTRAL Polietileno de alta
densidade
PELÍCULA ANTIADERENTE Polietileno de alta
densidade
VALIDADE 5 anos a partir da
data de fabricação

Aplicação

Preparação da superfície

  • A superfície deverá ser previamente lavada, isenta de pó, areia, resíduos de óleo, graxa, desmoldante, manchas de óleo e graxas e/ou qualquer tipo de material que possa prejudicar a aderência do material.
  • Sobre a superfície horizontal úmida, executar a regularização com caimento mínimo de 1% em direção aos pontos de escoamento de água. A argamassa de regularização deve ser preparada com argamassa de cimento e areia média, traço 1:3, utilizando água de amassamento composta de 1 volume de emulsão adesiva BAUTECH CHAPISCO e 2 volumes de água para maior aderência ao substrato. Esta argamassa deverá ter acabamento desempenado, com espessura mínima de 2cm.
  • Na região dos ralos, criar um rebaixo de 1 cm de profundidade, com área de 40×40 cm, com bordas chanfradas, para que haja nivelamento de toda a impermeabilização após a colocação dos reforços previstos neste local.
  • Todos os cantos e arestas deverão ser arredondados com raio aproximado de 5cm a 8cm.
  • Nas áreas verticais em alvenaria, executar o chapisco de cimento e areia média, traço 1:3, seguido da aplicação de uma argamassa desempenada, de cimento e areia média, traço 1:4, utilizando água de amassamento composta de 1 volume de emulsão adesiva BAUTECH CHAPISCO e 2 volumes de água.
  • Nos vãos de entrada das edificações (portas, esquadrias, etc.), a regularização deverá avançar no mínimo 60cm para o seu interior, por baixo de batentes e contramarcos, respeitando o caimento para as áreas externas, exceto para áreas internas com pisos em madeira ou degradáveis por ação de umidade.
    Recomenda-se que as áreas externas tenham cota no mínimo de 6cm menor que as cotas internas, tanto no nível da impermeabilização como no nível do piso acabado.
  • Os ralos e demais peças emergentes deverão estar adequadamente fixadas, de forma a executar os arremates.

Aplicação do produto

  • Com a base ou substrato devidamente tratado e limpo, utilizar como primer a BAUTECH EMULSÃO ACQUA devidamente diluído, aplicado em duas demãos.

Aplicação com chama de maçarico:

  • Alinhar a manta asfáltica em função do requadramento da área, procurando iniciar a colagem no sentido dos ralos para as cotas mais elevadas.
  • Com auxílio da chama do maçarico de gás GLP, proceder à aderência total da manta. Nas emendas das mantas deverá ter sobreposição de 10 cm que receberão biselamento para proporcionar perfeita vedação.
  • Execute as mantas na posição horizontal, subindo 10 cm na posição vertical.
  • Alinhar e aderir à manta na vertical, descendo e sobrepondo em 10 cm na manta aderida na horizontal.
  • A manta deverá ser aderida na vertical 30 cm acima do piso acabado. Em áreas de Box a manta deverá subir 1,50m.
  • Após a aplicação da manta asfáltica, fazer o teste de estanqueidade, enchendo os locais impermeabilizados com água, mantendo o nível por no mínimo 72 horas.

Camada separadora

  • Evita que os esforços de dilatação e contração da argamassa de proteção mecânica atuem diretamente sobre a impermeabilização.
  • Como camada separadora, utilize filme plástico de 24 micra de espessura.

Argamassa de Proteção Mecânica

  • Horizontal
  • Executar a argamassa de proteção mecânica de cimento e areia média, traço 1:4, desempenada com espessura mínima de 3 cm. Esta argamassa deverá ter juntas perimetrais com 2 cm de largura.
  • Vertical
  • Sobre a impermeabilização, executar chapisco de cimento e areia média, traço 1:3, seguido da execução de uma argamassa desempenada de cimento e areia média, traço 1:4, utilizando água de amassamento composta de 1 volume de emulsão adesiva CHAPISCO e 2 volumes de água. A argamassa deverá ser armada com tela plástica, subindo 10 cm acima da manta asfáltica.

Consumo

  • Manta asfáltica: 1,15 m² de área, considerando sobreposições e perdas por recortes de detalhes.

Precauções

Armazenar os rolos em áreas cobertas, protegidos da chuva, dos raios solares e com temperaturas não inferiores a 5ºC nem superiores a 35ºC. Retirar os mesmos só no momento do seu uso. Os rolos serão estivados em forma piramidal, sem superar as cinco filas de altura. Recomenda-se a disposição dos produtos a serem utilizados no local de aplicação, pelo menos 2 horas antes da sua colocação, com o -m de que os mesmos logrem o equilíbrio desejado com a temperatura e a umidade ambiente. Em temperaturas ambientes próximas a 5ºC ter especial cuidado ao estender o rolo, desenrolando o mesmo com lentidão para evitar rasgaduras, fissuras ou outros danos. Não é conveniente a colocação da membrana quando a temperatura ambiente seja inferior a 5ºC (41ºF). Não realizar o trabalho com tempo chuvoso e não retomar o mesmo até que a superfície esteja totalmente seca. Recomenda-se ter extintor de incêndio de gás carbônico ou pó químico no local de aplicação para contrarrestar possíveis focos de fogo, que pudessem aparecer durante a colocação

Garantia

As informações aqui contidas são respaldadas por testes, análises e conhecimento técnico. Medidas de valores e resultados podem oscilar devido a particularidades de ambiente e/ou utilização do produto, que não são de responsabilidade do fabricante. Não há outras garantias expressas ou implícitas. Nenhum agente, vendedor, distribuidor ou revendedor tem autoridade para estender, alterar ou renunciar a estas provisões.

Limitações

Nota: Recomenda-se realizar sempre o teste de estanqueidade para verificar a total impermeabilização do trabalho realizado. Para isso serão tapados os esgotos e inundada a coberta até o limite superior da junta de dilatação. Esse processo será verificado durante um período entre 24 e 48 h.
Após a aplicação da BAUTECH MANTA ASFÁLTICA é obrigatório o uso da argamassa de proteção mecânica

Casa D' Água

About Casa D' Água

  •