Anchorcrete SL G2

Característica:
Anchorcrete SL G2 é um revestimento autonivelante de alto desempenho para pisos industriais de concreto, composto por três componentes, pré-dosados, prontos para mistura e aplicação. O sistema é formado por agregados pré-selecionados, pigmentos e uma matriz à base de resina uretano com adição de agentes bactericidas que impedem a proliferação de microorganismos na superfície do piso. O produto, quando curado, produz uma superfície lisa disponível numa ampla variedade de cores e pode ser aplicado em espessuras de 4 a 6 mm.

Indicações

- Em pisos industriais sujeitos a esforços de abrasão, impactos, agressividade química e necessidade de assepsia

- Ideal para plantas de processamento de alimentos e bebidas, indústrias farmacêuticas, armazéns, salas limpas, hospitais, entre outros

- Utilizado comumente em indústrias químicas, almoxarifados, oficinas, laboratórios, indústrias automobilísticas, cozinhas industriais, corredores de transporte de mercadorias, entre outros.

Vantagens

- Elevadas resistências mecânicas e químicas

- Higiênicos, produzem superfícies compactas, antimicrobianas, impermeáveis e monolíticas, fáceis de limpar

- Durante a aplicação, não produz efeitos prejudiciais em produtos alimentícios expostos

- Resistente a uma ampla gama de produtos químicos

- Apresenta elevada tenacidade

- Revestimento monolítico

- Possui elevada durabilidade, conferindo proteção prolongada aos pisos em ambientes industriais submetidos a elevadas solicitações mecânicas

Dados Técnicos

Propriedades e características
Massa específica da mistura: 2,050 kg/dm3
Resistência à compressão às 24 horas (ASTM C579): 28 MPa
Resistência à compressão aos 7 dias (ASTM 579): 34 MPa
Resistência à compressão aos 14 dias (ASTM C579): 37 MPa
Tempo em aberto da mistura (Pot life): 10 minutos (22ºC a 30ºC)
Resistência à abrasão aos 7 dias (NBR 14050): 0,100 g
Aderência 2,4 Mpa 100% no concreto
Temperatura de serviço: -30 a 150 oC
Temperatura ideal de aplicação: 15 a 30 oC

Consumo teórico aproximado
Anchorcrete SL G2: 9,0 kg/m² para 4mm de espessura, sendo 1 kg/m2 para o selamento (substrato de concreto novo) e 8kg/m² para o revestimento. Nitoprimer RU: 0,350 kg/m2 para o selamento (substrato de concreto antigo).

Instruções de Uso

Preparo de substratos cimentícios
É essencial que Anchorcrete SL G2 seja aplicado sobre substrato íntegro, limpo e seco, com textura superficial uniforme. A nata de cimento superficial deve ser removida por intermédio de lixamento com lixa 60 ou polimento com discos de vídea, seguido por aspiração a vácuo. Os substratos cimentícios devem apresentar umidade relativa inferior a 7% para receber o revestimento. Pó e detritos devem ser removidos com aspirador de pó e contaminações de óleo ou graxa podem ser removidas com desengraxantes. As juntas existentes devem ser limpas, descontaminadas e tratadas. Em locais de difícil acesso, deve ser realizado polimento ou lixamento diamantado. Com o auxilio de serra-piso e marteletes elétricos, devem ser criados sulcos de ancoragem em toda a periferia onde será aplicado o revestimento Anchorcrete SL G2, tendo estas cavidades dimensões aproximadas de 1 cm de largura por 0,5 cm de profundidade. As cavidades devem ser executadas também a distâncias de 5 cm das paredes, bases de equipamentos, extremidades ou encontros com outros tipos de revestimentos. Devem ser criadas cavidades ou canaletas de ancoragem no sentido longitudinal e transversal de toda a área a receber o revestimento, com espaçamento de 5 m nas duas direções. Portas, ralos, canaletas e estufas devem receber tratamento por meio das canaletas de ancoragem também com distância de 5 cm de cada lado da junção. Após a conclusão do preparo do substrato, o mesmo deve ser aspirado tomando-se o cuidado de eliminar os resíduos de poeira de dentro dos sulcos.

Nota: Eventuais regularizações prévias devem ser feitas com material epoxídico adequado. Não deve se executar regularizações com o próprio material ou com “raspadinha” de maior espessura.

Imprimação
Para substratos de concreto novos, regulares e pouco porosos, aplicar como ponte de aderência o próprio produto raspado com desempenadeira metálica. Este procedimento é denominado em obra como “raspadinha”. Entre 12 e 24 horas após a aplicação da “raspadinha”, a área deve receber o revestimento (quanto menor a temperatura ambiente, maior será este intervalo). Para substratos de concreto antigos, irregulares e porosos, aplicar uma demão prévia do primer Nitoprimer RU com um consumo de 0,350kg/m2. Após a aplicação do Nitoprimer RU, aguardar 12horas para aplicação do revestimento. O processo de imprimação deve ser feito para selar o substrato previamente preparado e deve ser executado em toda a superfície e nas áreas internas das cavidades de tratamento.

Mistura
Recomenda-se usar uma Hélice Anchormassa acoplada a uma furadeira de baixa rotação (400 a 500 rpm) para a mistura do produto. Transferir a totalidade do conteúdo do componente base (Componente A) para um recipiente, adicionar o componente endurecedor (Componente B) e acionar o misturador. Adicionar aos poucos o agregado misturando até a completa homogeneização por, pelo menos, 5 minutos.

Aplicação

Espalhar Anchorcrete SL G2 com uma desempenadeira dentada sobre a superfície imprimada seca. Usar o Rolo Quebra-Bolhas sobre a superfície para remover o ar aprisionado. Aguardar o endurecimento do produto e executar o tratamento mais apropriado para as juntas. O tráfego de pedestres pode ser liberado em 24 horas e para condições de ataque químico severo, liberar no mínimo em 72 horas, sendo a condição ideal 7 dias. Caso sejam necessários rodapés arredondados ou em meia-cana, executar com o produto Anchorcrete Rodapé G2.

Embalagem

Fornecido em conjuntos de 22 kg

Armazenagem

Manter em local seco, ventilado e na embalagem original lacrada.

Validade

12 meses

Cuidados Especiais

Precauções
As medidas de higiene e de segurança do trabalho e as indicações quanto ao fogo, limpeza e disposição de resíduos devem seguir as recomendações constantes na FISPQ do produto.

IMPORTANTE: O rendimento e o desempenho do produto dependem das condições ideais de preparação da superfície/substrato onde será aplicado e de fatores externos alheios ao controle da ANCHORTEC, como uniformidade da superfície, umidade relativa do ar e ou de superfície, temperatura e condições climáticas, locais, além de conhecimentos técnicos e práticos do aplicador, usuário e outros. Em função destes fatores, o rendimento e performance podem apresentar variações.