Rejuntamento

Você já foi surpreendido pelo aparecimento de manchas brancas em placas cerâmicas (pisos e azulejos)? Saiba como prevenir e combater esta surpresa indesejável.

O que é Rejuntamento Cimentício?

Rejuntamento é o ato de preenchimento das juntas deixadas durante o assentamento das placas cerâmicas.

Qual a função?

Sua função principal é permitir a troca de cerâmica (manutenção) e a dilatação da cerâmica, além do efeito decorativo. Às vezes o efeito decorativo é alterado pelo aparecimento gradual ou intenso de manchas brancas.

O que são essas manchas brancas?

A água provenientes das chuvas, das infiltrações ou da obra ainda úmida/recente, circula pela alvenaria, dissolve os álcalis solúveis presentes nos tijolos, cimento, cal, argamassas, cerâmicas, rejuntes e saem pelas juntas do rejuntamento, resultado num depósito de álcalis solúveis extraídos do interior sobre as placas cerâmicas.

Uma vez do lado de fora, esses materiais carbonatam-se formando as tais manchas brancas ou Eflorescências.
A água funciona como uma simples transportadora.

O material que se movimenta junto com a água é a cal hidratada Ca(OH)2 que é solúvel (dissolve-se na água).

O material depositado como eflorescência (mancha branca) é o carbonato de cálcio CaCO3, que é insolúvel (não dissolve-se na água).

Como evitar a Eflorescência (manchas brancas)?

• Escolher materiais de qualidade (tijolos, cerâmicas, etc.)
• Utilizar cimentos com baixo conteúdo de sódio e potássio
• Nunca utilizar cal hidratada, a cal deve ser carbonatada
• Deixar as juntas abertas por no mínimo 3 dias antes de rejuntar, deixando-as “respirar”, ou seja, carbonatar
evitar infiltrações de água nas estruturas
• Promover a selagem dos rejuntes
• Evitar o exesso de água de mistura, pois além de alterar a coloração final de rejuntamento e diminuir as resistências, torna-o poroso e permeável.

Lembre-se

Uma boa aplicação do rejunte, garante o visual e a qualidade de sua obra.